sábado, 4 de outubro de 2008

Orquidófilos fazem tour ecológico.

São Francisco de Assis, nascido na cidade de Assis, na Itália, levava uma vida despojada, uma vez que era filho de comerciante rico. Cedo percebeu que não tinha vocação para servir à guerra, abandonando tudo, abrindo mão da riqueza, para se dedicar totalmente ao Evangelho e aos ensinamentos de Cristo. Pela sua dedicação aos animais e as plantas, ficou conhecido por Mestre da Ecologia. Hoje, 04 de outubro a Igreja Católica comemora com missa e procissão o seu dia. São Francisco antes de faleceu escreveu o hino Cântico do Irmão Sol, onde reverencia todos os elementos da natureza com os seres humanos.
E não foi por mera coincidência que cinco orquidófilos se unirão para fazer um tour ecológico, visitando inicialmente a olaria do Heitor, onde vimos confeccionar vasos de cerâmicas para orquídeas, moringas e outras peças trabalhadas pelas mãos habilidosas do oleiro Pedro. O processo é todo artesanal, passando por várias etapas. Antes de moldada a argila é limpa, retirando toda a impureza que por ventura exista. Moldada no torno o artesão dá forma à peça. Depois de levantada, é colocada no sol, onde passa 24 horas no processo de secagem. Após esta etapa a peça é lixada e levada ao forno a uma temperatura alta. Cada orquidófilo saiu da olaria com muitos vasos de orquídeas.O destino seguinte era a casa do orquidófilo Fernando Lima, que nos recebeu com muitas orquídeas floridas e não poderia faltar, um saboroso suco de caju, fruta da estação. Cattleya labiata dava as boas vindas numa frondosa mangueira. No orquidário Dendrobium anosmum nos recebia com um perfume inconfundível. Outras em floração, como o gracioso Dendrobium antenatum e um híbrido semi-albo magnífico. Fernando fazia questão de mostrar uma a uma e dizer da sua origem.
Terminada esta visita, nos dirigimos ao Orquidário Terra da Luz de Vera Coelho. Lá o encanto das Arundinas bambusifolia perfilavam a entrada do orquidário como que dissessem: SEJAM BEM VINDO! Fui mostrar "minhas meninas" e na ala dos catasetum, um belíssimo Ctsm osculatum de cor verde e labelo vermelho. Fernando Meireles quis saber se era macho ou fêmea. Ao tocar nas políneas esta disparou no seu dedo. Pronto, é macho, deixando Rogério e Kalina admirados. Andando mais um pouco uma touceira de Cattleya bowringiana, Miltonia spectabilis moreliana e muitos híbridos floridos. Demos um giro também no cantinho da Juliana, que mostrou seu cultivo e seu projeto de construir um orquidário. Rogério ficou encantado com o enraizamento do Epidendrum ciliare nas árvores, inclusive em mangueira. Nos dois orquidários que andamos os animais circulavam livremente entre nós, em perfeita harmonia e paz.

3 comentários:

Nina Maria disse...

Vera,querida
Que lindo passeio!
Foi como se eu tivesse ido com vocês, principalmente no "Terra da Luz". As imagens de nossa ida até aí continuam, também em nossos corações.
Quantas saudades de tudo e principalmente de vocês.
Beijos

Aparecida Martinez disse...

Parabéns querida amiga.
Lendo o texto e vendo as fotos fiz o passeio junto com vocês.
Um grande abraço
Cida Mangerona

Adenium - Rosa do Deserto disse...

Olá Nina e Cida,

Que bom que vocês passearam conosco. A Nina já conhece o Terra da Luz, faltando você com o Mangerona. Que tal virem ao II FestOrquídeas em novembro?
Nina, também sinto muita saudades de vocês, mas se Deus permitir voltarei à Rio Claro em 2009 e aí encontrarei com todos os amigos.
Bjs
Vera